Hurdegaryp-Português

Hurdegaryp não se situou sempre no local actual. O nome Hurdegaryp, segundo a enciclopédia de Friesland,  poderia significar: zona dura numa faixa estreita de terra, em latim: ripa, em francês: rive. Essa faixa de terra encontrava-se na estrada chamada "Zomerweg" (estrada de verão) a sul da vila actual. A Zomerweg era uma parte da estrada que ligava Leeuwarden a Groningen.
Ali, onde agora se situa o complexo de patinagem "It Koopmans-boskje", encontrava-se uma igreja do séc. XIII, edificada com tijolos típicos mediavais denominados "kloostermoppen", com um telhao em forma de sela. O nome da rua "Preesterlânswei" é ainda o único que nos faz lembrar os campos à volta da igreja desse tempo. No decorrer dos séc. XVII e XVIII o centro da vila  foi-se mudando para norte e em 1711 começou-se a construção da actual igreja, situada na "Rijksstraatweg".  Algumas das lápides dos túmulos da igreja antiga foram embutidos nas paredes da entrada da igreja nova.
A maioria da população de Hurdegaryp dedicava-se à agricultura. O desenvolvimento da vila deve-se, principalmente, às terras de turfa que a cercam. No livro de autoria de M. De Haan Hettema e publicado por W. Eekhof de Leeuwarden, Hurdegaryp é descrita  como "um traço longo de casas com uma igreja no meio" e, caminhando ao longo do "slagtepad" o escritor contacta: "este estreito caminho pedestre, em ambos os lados dividido dos canaviais pantanosos por valas, não oferecia nada de considerável".
Em 1830 a chamada "Zwarteweg", construída de 1528 a 1531, foi prolongada como estrada provincial até Groningen. Esta "Grinzer Strjitwei", também chamada "Grutte Strjitwei" tornou Hurdegatryp naquilo que ela é , tanto no sentido positivo como negativo.

Vertaling Fatima Berkhout